Total de visualizações de página

domingo, 10 de dezembro de 2017

Lembrança feliz de dias de flores


O curta metragem UMA LEMBRANÇA FELIZ DE DIAS DE FLORES, do estilista mineiro Rodrigo Fraga trata o tema do vestuário. Daquele prazer em vestir uma roupa nova e de se sentir bem consigo mesmo.

O casamento é o destaque deste filme em preto&branco. E trata de ambientes antigos onde se pode perceber um telefone retrô, crucifixos nas paredes, num jogo de luzes de filme noir.

Os atores Leandro Ribeiro e Trevor Pedrowski pedalam pelas ruas que parecem ser da cidade de Ouro Preto. E as bicicletas são antigas também.


Mais do que pedalar, o curta destaca a relação entre afeto e moda, ou seja, a linha tênue que nos separa entre ser humano e seu vestuário. Ou incorpora.


domingo, 19 de novembro de 2017

Ano do Chumbo


da série: LIVROS!


“ali naquele sofrimento
era dia de coisa pequena
acabamento
pois que tudo recomeça
entendia nesse mesmo rodar de tudo...”

A aspereza em tocar o livro ANO DO CHUMBO, de Marcos Assis (edição independente, 2014) traduz a inquietante assimilação do mundo do poeta. Os dedos, as mãos, as unhas resvalam na lixa (literalmente!) que compõe a capa deste ANO DE CHUMBO.

A cada poema lido uma vontade soltar o objeto para se ficar livre da irritação nos dedos. Irritação esta que é a voz do poeta num mundo desconexo.

A vida é como um “papagaio surecão” que não voa, como o mês de agosto que já passou e que é tido como agourento e mesmo assim permanece no agouro das horas dos meses seguintes.


Chumbo é um metal pesado. E pesado são os versos inquietantes desta obra. É como “caminhar contra esse sol por cima de todas essas pegadas”. 

domingo, 15 de outubro de 2017

RASGANDO O VÉU



da série: LIVROS!

Em seu primeiro trabalho, Cristina Carone assume a voz da mulher sensível que não mede esforços para expor seus sentimentos. Os poemas foram escritos de forma sincera, com amor e paixão. RASGANDO O VÉU (Edição do Autor, 2007) é um livro de pura “sensualidade” para quem ama a poesia romântica. Também sugere ao leitor refletir sobre a profundidade da poesia, da sua beleza e do quanto ela toca o coração. Em pleno Século XXI, ela ainda continua viva vencendo as barreiras do tempo, lutando, se impondo e trazendo esperança àqueles que jogaram os sentimentos ao chão, para viverem o materialismo, permitindo às máquinas esmagarem o ser humano, e o mais lindo sentimento do mundo: O AMOR.

 

sábado, 7 de outubro de 2017

Absurdus


MR
Absurdus:
Murilo Rubião
100 anos
x-x-x-x

Exposição do escritor mineiro que consolidou a literatura fantástica no Brasil.
Uma bela exposição daquele que fundou o Suplemento Literário de Minas Gerais no ano de 1966.

Um autor em tempos áureos. Numa época que os textos datilografados na máquina de escrever e corrigidos, revisados, com caneta, lápis, ali mesmo na folha em branco do papel.

Cartas de inúmeras(os) escritoras(es) como Nélida Pinon, Clarice Lispector, Guimarães Rosa, João Cabral de Melo Neto, Carlos Drummond de Andrade, Pedro Nava entre outros.

E num curioso relato de Clarice Lispector em carta a Murilo Rubião: o ato de escrever crônicas para o Jornal do Brasil lhe tirava a liberdade.

Local da exposição: Biblioteca Pública de Belo Horizonte




domingo, 1 de outubro de 2017

Lya Luft no IDEA



Lya Luft no IDEA
Projeto “Chá com Letras”

No evento da noite foi exibido um vídeo com a entrevista que a escritora gaúcha Lya Luft cedeu à professora Ana Carolina quando da preparação de sua tese de mestrado. E a entrevista nos mostra uma escritora muito reservada e de atitudes seguras.

Lya Luft possui uma vasta obra publicada e seu livro mais conhecido é PERDAS E GANHOS (de 2003). E eu só li dois livros da autora: AS PARCEIRAS (de 1980) e O QUARTO FECHADO (de 1984).

E depois de terminada a palestra teve um coquetel... um “chá com letras” literalmente...


quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Cinco anos!




Nossa EBA (Escola Bike Anjo) fez aniversário hoje. Foram cinco anos de pura alegria. Não imaginava que estaríamos a tanto tempo na estrada. A cada ano, mais pessoas aprendem a pedalar e a tornar este mundo melhor.

Obrigado a todas(os) que estiveram nesta linda festa!


E até o próximo aniversário!

domingo, 27 de agosto de 2017

C.Í.T.R.I.C.A.S


O projeto C.Í.T.R.I.C.A.S apresenta trabalhos da Bruna Caldeira e de seus colegas de classe da Escola Guignard. Os jovens artistas deixam suas marcas na galeria da Espaço Cultural MGTI, na Avenida Afonso Pena, 4.000, 3º andar. Inspirados única e exclusivamente no fruto (a mexerica) os artistas deram vazão às ideias.

E de posse de seus pincéis e lápis coloriram as paredes...

A exposição fica até o dia 24 de setembro de 2017.

Não perca!